1925-2020Caricatures and CartoonsCartoonistsIllustrators

Uma notícia triste para o cinema brasileiro. Morreu aos 34 anos o cineasta Cadu Barcellos. De acordo com o site G1, ele foi atacado a facadas no Centro do Rio nesta madrugada do dia 10 de novembro.

Ao longo de sua curta, mas marcante carreira, Cadu participou de importantes projetos. Em 2010, dirigiu um dos cinco episódios do longa 5x Favela – Agora Por Nós Mesmos, produzido por Renata Almeida Magalhães Cacá Diegues. Neste episódio específico, intitulado “Deixa Voar” , Cadu apresentou a história de Flávio, de 17 anos, que deixa a pipa de seu amigo cair numa favela rival. Ao tentar buscá-la, o jovem acaba se desentendendo com outros garotos. O filme foi exibido numa Sessão Especial no Festival de Cannes em 2010.

O projeto foi bastante premiado no Festival de Paulínia e no Festival de Biarritz, na França, ambos em 2010. No primeiro, foi premiado nas categorias Melhor Filme de Ficção, Melhor Ator Coadjuvante (Marcio Vitto), Melhor Atriz Coadjuvante (Dila Guerra), Melhor Roteiro (Rafael Dragaud), Melhor Montagem e Melhor Trilha Sonora. Enquanto que no segundo, venceu o Prêmio do Público.

Além disso, o projeto é uma referência ao filme Cinco Vezes Favela (1962), produzido pelo Centro Popular Cultural da UNE (União dos Estudantes). Ele também é dividido em 5 capítulos: “Um Favelado”, dirigido por Marcos Farias“Zé da Cachorra”, de Miguel Borges“Couro de Gato”, de Domingos de Oliveira“Escola de Samba Alegria de Viver”, de Cacá Diegues; e “Pedreira de São Diogo”, de Leon Hirszman.

Em 2012, Cadu Barcellos dirigiu o documentário Cinco Vezes Pacificação, ao lado de Rodrigo FelhaLuciano Vidigal e Wagner Novais. Neste trabalho, os jovens cineastas apresentam a realidade das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) no RJ. Confira o trailer abaixo: https://youtu.be/0Hl1DgtAR40http://https://youtu.be/0Hl1DgtAR40