1910-2003Literatura Brasileira

Hoje é aniversário de 110 anos de Rachel de Queiroz! Primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras, Rachel de Queiroz também foi a primeira mulher a conquistar o Prêmio Camões, o prêmio literário mais importante da língua portuguesa — e que, jamais esqueçamos, alguns pulhas ousaram desmerecer. Como se não bastasse, Rachelzona também era cearense, como o Dragão do Mar e o Jacaré, os jangadeiros da liberdade, estrelas dos dois mais recentes episódios do canal Buenas Ideias lá no You Tube (o do Jacaré, por enquanto, só para membros). Rachel estreou em 1930, com o livro “O Quinze”,  sobre a seca de 1915 no Ceará, até hoje seu livro mais popular, junto com o “Memorial de Maria Moura”.  Se isso fosse pouco, ela ainda traduziu magistralmente “Moby Dick”,  do imenso Melville.  Então, bora lá ler e celebrar Rachel no dia dos seus 110, enquanto o sol rebrilha, as jangadas singram e os cães ladram sem que ninguém os escute (já q eles perderam as eleições aqui e acolá).